segunda-feira, 23 de maio de 2011

Bookaholic de carteirinha. _8

Olá!

Na ultima semana terminei de ler um livro, que me deixou super feliz quando acabei, porque me interessei por ele lendo a sinopse, mas depois de ler alguns capítulos percebi que ele seria bem mais do que eu imaginava, e quando virei a ultima página, tive a certeza de ter escolhido esse na estante da livraria.

Para a leitura fazer sentido, o bom mesmo é se tele transportar para a história contada ali. Aí sim você vai conseguir me entender.

Eu diria que é um livro de auto ajuda disfarçada de historia interessante, amei demais!

 A Vida é Um Bilhete Premiado - Brendon Burchard

Quem nunca sonhou ganhar na loteria? E se o prêmio, em vez de uma fortuna acumulada na megassena, for a chance de revisitar todos os momentos-chave de sua existência e descobrir o que provocou o descompasso entre a realidade de sua vida e os sonhos e desejos que um dia teve para si mesmo? É esse o prêmio que o protagonista de A vida é um bilhete premiado, romance de Brendon Burchard, recebe: uma segunda chance para viver a vida que sempre quis.

Para atender ao último desejo da noiva que se encontra entre a vida e a morte numa cama de hospital, um homem aceita a tarefa de levar um misterioso envelope, que não pode abrir, até um parque de diversões abandonado. Lá chegando, não encontra as ruínas que esperava, mas um ambiente mágico, repleto de vida e com os brinquedos em pleno funcionamento.

Determinado a descobrir o que levou sua noiva a estar presa à cama do hospital, ele aceita o desafio de entrar no parque e se deixar conduzir dentro do universo mágico que tem apenas uma regra: não duvidar daquilo que seus olhos vão ver. De brinquedo em brinquedo, o protagonista é obrigado a encarar seus fantasmas, suas frustrações, seus medos e criar coragem para viver a vida que sempre desejou para si.

Peguem o seu bilhete e curtam o passeio, assim como eu fiz!

Que saber mais sobre os meus livros favoritos, os que eu ainda quero ler, etc?

 
A Cruz de Malta no coração: 

Começou o Brasileirão e a estréia foi bem ao estilo Vasco mesmo, de virada... 3 a 1 no ceara, e jogamos com o time reserva. Bernardo mostrou mais uma vez sua força, vamos adiante Vasco!

 

Respondendo:


. Flanders – De nada, depois q assistir comenta aqui!
. Jéh – Adorei os comentários de cada filme, o “Arriscando tudo” é mesmo muito chato, eu tb gosto do ator.. mas esse filme não dá.


Luz e Paz.
Bjins :P

sexta-feira, 13 de maio de 2011

É hora de pipoca. _9


Olá!
Hoje vou continuar o post dos filmes que eu assisti nos últimos dias, desses sete de hoje 5 foram direto para a lista de favorito e um eu ainda não me decidi de coloco ou não, acho que vou deixar para decidir depois de ler o livro, pois senti falta de informação, sei lá. (Eu sou o número quatro.)



Passageiros

Após um acidente de avião, a jovem terapeuta Claire (Anne Hathaway) passa a servir como conselheira psicológica dos únicos cinco sobreviventes do vôo. Assim que as pessoas começam a compartilhar suas lembranças do traumático acidente, um deles, Eric (Patrick Wilson), diz recordar da explosão do avião, o que segundo a companhia aérea jamais ocorreu. Claire começa a ficar intrigada, sobretudo porque, um a um, seus pacientes vão misteriosamente desaparecendo. Ao mesmo tempo, Claire entra num sério conflito ao iniciar uma relação passional com Eric. Mas Claire suspeita que Eric é o único que pode apresentar as respostas que levarão à verdade, ainda que isso traga sérias conseqüências.

A-d-o-r-e-i!!! É bem verdade que é muito mais um filme de mistério do que suspense, mas eu adorei a forma de como o mistério vai sendo desvendado. 


Eclipse

Enquanto Seattle é devastada por uma sequência de mortes misteriosas, um malicioso vampiro continua a sua busca por vingança. Bella novamente se encontra rodeada por perigo.
Em meio a tudo isso, ela é forçada a escolher entre seu amor por Edward e sua amizade com Jacob – sabendo que sua decisão tem o potencial para inflamar a luta entre vampiros e lobisomens. Com sua graduação aproximando rapidamente, Bella tem mais uma decisão para fazer: vida ou morte.


É a continuação da saga, que tem como base a coleção de livros que com certeza é bem mais interessante do que o filme, mas eu gosto da forma simples que o tema é retratado no filme, por isso gosto de assisti-lo.

Arriscando tudo

Quando ele descobre que um Casino Nativo Americano está prestes a ser construído na cidade histórica de Battlefield, Chase Revere, o auto-nomeado protetor da pequena cidade decide lançar uma ofensiva total contra o projeto.
Ao longo do caminho, ele ganha a ira de toda a cidade (cujos moradores, bem-intencionados, mas de curta visão, acreditam que o Casino vai salvar a sua comunidade de se tornar um local decadente), bem como recebe lições sobre esperança, desgosto e como a história americana é realmente escrita.


Muito chatinho. 




Ela dança, eu danço 3

Na história, um grupo de dançarinos de rua se unem a um calouro da Universidade de Nova York para uma competição contra os melhores dançarinos no mundo, o que promete mudar as suas vidas para sempre.







A dança é sempre o maior motivo para que eu me encante com esses filmes, e nesse aqui não foi diferente, mas gostei da historia de amizade do casal mais novo também, dei um tom maior ao filme.

A origem

Dom Cobb (Leonardo DiCaprio) é um habilidoso ladrão, o melhor na perigosa arte da extração, o roubo de valiosos segredos das profundezas do subconsciente durante os sonhos das pessoas, quando a mente fica totalmente vulnerável. Essa rara habilidade de Cobb fez dele um cobiçado jogador nesse traiçoeiro novo mundo da espionagem corporativa, mas também fez dele um fugitivo internacional que perdeu tudo o que mais amava. Agora, uma chance de redenção foi oferecida a Cobb. Um último trabalho pode trazer sua vida normal de volta, mas somente se ele conseguir o impossível – inserção. Ao invés de fazer o roubo perfeito, Cobb e sua equipe de especialistas têm que fazer o oposto: a missão não é roubar uma idéia, mas sim plantar uma idéia. Se eles obtiverem sucesso, pode ser o crime perfeito. Mas nem mesmo um plano cuidadoso poderia prepará-los para um perigoso inimigo que parece prever cada movimento deles. Um inimigo que somente Cobb poderia prever.

Adorei, começa confuso, mas é muito legal sair da confusão e entender o filme. Que a nossa mente era uma coisa muito complexa eu não tinha duvidas e esse filme retrata exatamente isso. Não sei muito o que falar sem contar o filme.. é melhor vocês assistirem! rs 



Eu sou o número 4

Em 'Eu Sou o Número 4', nove crianças dotadas e os seus guardiães são os únicos sobreviventes de uma guerra sangrenta no seu planeta natal, Lorien, e instalaram-se na Terra sob a protecção de um encantamento que obriga aos seus inimigos de os matarem por ordem numérica. Três deles morrem; o Número Quatro é o próximo. Escondido numa pequena cidade, o rapaz tenta fugir ao seu destino.



A historia é muito interessante, gosto do enredo e de como ela se desenvolve, mas terminei de assistir o filme e fiquei sem saber muitas respostas, vou ler o livro e daí decidir se vale mesmo a pena uma continuação da historia, por enquanto nada de estrelinha para ele. 

Sherek para sempre

Depois de enfrentar um dragão, resgatar a princesa e salvar o reino de seus sogros, Shrek virou um homem de família. Ao invés de assustar os moradores locais, agora o ogro verde vive dando autógrafos.
Mas o que aconteceu com o valente marido de Fiona? Pensando no passado, Shrek assina um pacto com o falante duende Rumplestiltskin, e subitamente se vê em uma versão alternativa e deturpada do reino de Tão Tão Distante, onde os ogros são caçados. Além disso, ele e Fiona perdem seus postos, já que Rumplestiltskin toma os seus lugares ao se tornar o rei. Agora, só Shrek pode desfazer seu erro, salvar seus amigos, seu reino e sua esposa.

Eu amo o ogro verde, e achei a ultima historia muito bonitinha, mas romântica do que as anteriores. 

 
Que saber mais sobre os meus filmes favoritos, os que eu ainda quero assistir, etc?
Clica aqui: http://filmow.com/usuario/quequelvascaina/

 
A Cruz de Malta no coração: 

Ontem num jogo emocionante garantimos a classificação para as semifinais da Copa do Brasil, foi um jogo bem duro, mas Fagner saiu do banco para deixar Elton que também saiu do banco na cara do gol. Empatamos e nos classificamos. Vamos Vasco!!! Não posso deixar de comentar que a Torcida apaixonada lotou o Caldeirão e fez uma linda festa.

 

Respondendo:

 . Jéh - Obrigado pelas visitinhas!

Luz e Paz.
Bjins :P

terça-feira, 10 de maio de 2011

É hora de pipoca. _8


Oiee, como vão todos?


Vou por aqui os últimos filmes que assisti, mas vai ficar muito longo, então vou postar a outra metade amanhã, ok?

 

Porque Eu Me Casei ?

Misturando comédia e romance o filme mostra de uma forma nada convencional como manter um casamento. Uma vez por ano quatro casais amigos viajam juntos para renovar seus votos de casamento. Desta vez, uma surpresa, a presença de uma linda jovem solteira cria situações inusitadas e hilárias, como a revelações de segredos que jamais devem ser revelados entre um homem e uma mulher. É aí que vai ficar evidentes quais são as verdadeiras bases de uma relação duradoura.

O filme é divertido e mostra muito das personalidades diferentes que existem por aí, se assistido com um pouco de atenção pode revelar muito sobre quem está a sua volta! rs



Sedução em Manhattan

Brett Eisenberg (Sarah Michelle Gellar) é uma ambiciosa editora de livros em Manhattan que encara o desafio de iniciar romance com um homem mais velho (Alec Baldwin).

Um romance comum, mas como se passa com editores, esse mundo também é bastante citado, trazendo a quem assista informações interessantes.


Desejo e reparação.

Em 1935, no dia mais quente do ano na Inglaterra, Briony Talles (Romola Garai) e sua família se reúnem num fim de semana na mansão familiar. O momento político é de tensão, por conta da 2ª Guerra Mundial. Em meio ao calor opressivo emergem antigos ressentimentos familiares. Cinco anos antes, Briony, então aos 13 anos, usa sua imaginação de escritora principiante para acusar Robbie Turner (James McAvoy), o filho do caseiro e amante da sua irmã mais velha Cecília (Keira Knightley), de um crime que ele não cometeu. A acusação na época destruiu o amor da irmã e alterou de forma dramática várias vidas.

 
O que uma mentira pode fazer? O filme mostra exatamente como uma mentira pode levar as pessoas ao fundo do poço. O final do filme alem revelador é muito surpriendente.


Histórias de Amor Duram Apenas 90 Minutos.

Zeca (Caio Blat) é um escritor de 30 anos que, por não conseguir escrever, está no mais completo ócio. Ele é casado com Júlia (Maria Ribeiro), mas vive uma crise no relacionamento pelo fato de Zeca não querer nada enquanto Júlia sabe bem o que deseja da vida. Esta situação o deixa infeliz, mas conformado com a vida que leva. Esta situação muda quando ele passa a acreditar que sua esposa está traindo-o, com outra mulher.

Muitos conflitos, tantos que me deixaram num conflito para definir o filme: Não gostei.


Que saber mais sobre os meus filmes favoritos, os que eu ainda quero assistir, etc?
Clica aqui: http://filmow.com/usuario/quequelvascaina/

 
A Cruz de Malta no coração: 

O Vasco não ganhou a final do Carioca, mas ainda estamos na luta pela Copa do Brasil. Mas o que anda me deixando mesmo ansiosa é a volta do ídolo Juninho. Não vejo a hora!

 

 Respondendo:



. Carol – Eu estava sentindo a sua falta tb. Bem vinda de volta!
. Jéh – Existem muitos trechos que mexem comigo, é difícil escolher para postar aqui.
. Thatá – Ve se não some de novo! rs

Luz e Paz.
Bjins :P